O primeiro culto da Missão aconteceu no dia 19 de janeiro de 1997, em um pequeno prédio na orla da Praia da Costa. Dia a dia, amigos iam se juntando ao sonho da construção de uma Igreja que fosse para além das quatro paredes. Algumas semanas após o primeiro culto, iniciamos a Escola Bíblica Dominical, cultos semanais e uma faculdade de teologia (que hoje é a Faculdade Unida).

O tempo passava e o grupo não parava de crescer, precisávamos de um espaço maior para nos reunir. Foi aí que Cláudio Lísias, irmão do Pr. Simonton, encontrou um prédio de uma boate abandonada à venda, próximo ao Farol de Santa Luzia; e a Igreja se uniu para comprá-lo. A primeira reforma durou uma semana até que o local ficasse pronto. Que lugar especial Deus nos presenteou! Com esse presente, ele estava nos encorajando a sermos uma Igreja como um farol: luz para a cidade, o estado, o país e o mundo. No dia 31 de dezembro de 2000, abrimos as portas deste novo espaço. O ginásio em frente a Igreja foi construído algum tempo depois, e abrigou os cultos enquanto a antiga boate era demolida, e o novo prédio construído. Nessa época, a Maria Neide Otoni abriu as portas da sua escola para as aulas da Escola Bíblica Dominical e outros cursos.

Junto com o novo espaço, veio o crescimento da comunidade, e, ao mesmo tempo, uma temporada de grandes lutas judiciais. Até hoje, foram 23 processos políticos e judiciais, relacionados tanto ao prédio principal como ao ginásio. Mas Deus, na sua fidelidade e graça, fez tudo cooperar para o nosso bem. Como a Missão cresceu nessa fase! Com os ataques, a imprensa falava com frequência sobre a Igreja, e muitas pessoas nos conheceram dessa forma. Além disso, nessa época, começamos a circular com os adesivos nos carros, uma novidade para a cidade na época, e os carros adesivados atraíam curiosos para nosso meio.

Com o decorrer da obra, passamos a nos reunir inicialmente no subsolo, onde hoje é um dos estacionamentos da Missão. Apesar da precariedade, lá já era um pedaço do nosso prédio dos sonhos. Já havíamos batalhado em muitos processos, estar no subsolo já era uma vitória. A cada novo pedaço da Igreja, os cultos iam mudando de lugar, e a comunidade ia vivendo junto cada nova fase. Em 2006, o salão principal foi aberto, e em 2007, após a nossa primeira conferência de juventude (LIVE), o piso foi colocado. Devagar fomos comprando e alugando outros espaços em volta do prédio principal e do ginásio, e Deus foi confirmando o lugar onde havia nos plantado.

Nessa breve história, não podemos omitir o principal: a Igreja nunca deixou de ser um instrumento para abençoar a cidade, mesmo em meio a obras e processos. Com diferentes projetos, fomos ampliando nossas ações, hoje espalhadas na cidade, no estado, no país e no mundo. Além disso, com o intuito de auxiliar outros irmãos da fé a crescerem com excelência no que fazem, a Missão investiu na implantação de dezenas de Igrejas pelo estado, dando a elas autonomia após um período.

Hoje, a Missão se reúne todos os dias, dentro e fora da Igreja, seguindo com nosso sonho de inspirar pessoas, independente da idade, condição financeira, histórico familiar ou qualquer outra situação, a alcançar seu potencial e ser uma influência nos seus meios.

Cremos que o mundo precisa de verdadeiros heróis e sabemos que não somos perfeitos, mas apontamos para a resposta que o mundo precisa: Jesus. Também cremos que a Igreja foi feita para ser uma companhia de pessoas que vivem por algo maior que elas próprias, e que no amor, para o amor e pelo amor se dispõe para ser a diferença que o mundo precisa.